Autoestima e Sexualidade Femininas: Uma Baita Confusão

Larissa Pombo*

 

Estamos vivendo tempos de mudanças, principalmente desde a década de 60. O que traz muitas alterações para melhor, mas, ao mesmo tempo, um conflito de conceitos, um choque de ideias. Isso faz muitas mulheres se sentirem perdidas em relação à  autoestima, prazer, papel social e sexualidade como um todo.

 

Uma hora escutamos “Fecha as pernas, garota.”, e na outra ouvimos “Estamos em pleno 2021, mulher. Se joga! Aproveita!”.

 

Um exemplo perfeito do que estamos experienciando foi um vídeo gringo que vi esses dias, com dizeres, de farida.d.author, nessas linhas:

 

Meninas são forçadas a esconder seus corpos nas escolas; mulheres são forçadas a revelar seus corpos no esporte. Religião fala para cobrirmos nossos corpos; capitalismo prospera mostrando nossos corpos. Mandar nudes é sexy, mas esses mesmos nudes quando vazados, são coisas de “vadia”.

 

Você já está confusa? Sim, esse é o objetivo. Opressão é uma forma de manipulação psicológica.

 

Mais um? Se você questionar essa dissonância cognitiva, você será rotulada “louca”.

 

Bem-vinda ao patriarcado.

 

Larissa Pombo

Como você se sente ao ler isso e pensar a respeito? É plausível que muitas de nós tenhamos sentimentos de raiva, inconformidade, tristeza, desolamento, e claro, a velha e clássica confusão, afinal faz parte da meta de um sistema que quer domínio sobre nós para ter poder sobre nós, seja ele econômico, social ou outro qualquer.

 

Mas calma. Pensar sobre isso pode até gerar um certo desespero, porém há muito que possamos fazer para impactar positivamente no nosso bem-estar. E é com esse intuito que escrevo aqui hoje e escreverei outras vezes.

 

Primeiro passo: consciência de que jamais agradaremos todo mundo, afinal estamos meio a um caos cheio de contradições.

 

Depois: perceber o que é seu e o que foi absorvido de fora. Autoconhecimento é valioso. Encontrar sua autenticidade a cada fase de vida é uma delícia. Essa caminhada de autodescoberta ajuda na sua autoestima, pois você se entende melhor e tem mais certezas das suas escolhas. Você também aprende que autoestima não é só a respeito de aparência física, e sim de múltiplos aspectos da vida.

 

Acredito já ter dado uma boa remexida na sua cabeça por agora. Fique atenta para as cenas dos próximos capítulos por aqui. Que tal pensarmos sobre o uso da tecnologia e brinquedos eróticos em relação à nossa autoestima e sexualidade?

 

E caso sinta vontade ou necessidade de aprofundar nesses assuntos e quaisquer outros dentro da sexualidade, que aliás vai muito além de sexo, pode me contatar para marcar  atendimentos personalizados online, que podem ser individuais ou com mais pessoas. Você me encontra nas redes sociais por: @larissa.s.r.pombo.

 

*Sexóloga, Especialista em relações peculiares

Celebrando a pluralidade

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima