Chás inspirados no Rio de Janeiro

Pontos turísticos da Cidade Maravilhosa viram blends

 

Uma das bebidas mais antigas e consumidas do mundo, o chá só fica atrás da água. A história do chá começa na China há mais de dois mil anos e se espalhou rapidamente pelo mundo. Os chás e infusões são bastante saborosos. Se gelados, servem de acompanhamento nas principais refeições. A bebida de origem chinesa vem conquistando os mais diversos paladares e sendo misturados em drinks criativos.

 

A marca carioca Espírito Chá – que nasceu durante a pandemia – lançou uma linha inspirada nos pontos turísticos do Rio de Janeiro. As sócias Cláudia Sant´Anna e Daniela Monteiro, amigas e amantes do chá, criaram a marca, que tem blends especiais e artesanais. “Queremos que as pessoas descubram tudo o que envolve essa bebida milenar. Chá não é remédio, apesar de fazer muito bem à saúde. Chá é hospitalidade, afeto e, principalmente, uma bebida saborosíssima”, explica Cláudia.

 

Foto: Daniel Reche

 

Os chás vêm em caixas também inspiradas nas paisagens da Cidade Maravilhosa. Os blends desta coleção são artesanais, naturais, autorais, sem conservantes e nem aromatizantes. Os ingredientes, em sua maioria, são obtidos através de uma curadoria entre pequenos produtores que usam técnicas de plantio naturais e que envolvem a redução ou eliminação de agrotóxicos no processo.

 

A coleção que remete ao Rio de Janeiro tem na lista os blends Chá Floresta (relaxante); Mar (energizante e digestivo), e o Montanha (antioxidante e desintoxicante). Também estão na lista as infusões sem cafeína Amanhecer na Pedra da Gávea, Pôr- do-sol no Arpoador, Banho de Cachoeira nas Paineiras, Pão de Açúcar, Corcovado, e os chás perfumados Vista Chinesa, Mureta da Urca, Parque Lage, Theatro Municipal, Jardim Botânico e o Quinta da Boavista.

 

Outros chás

Outros chás comercializados pela Espírito do Chá são Kenya Kaimosi Tgfop – um chá preto especial do Quênia -; o Tanzania Usambara – chá oolong especial –; o Golden Yunnan Superior – chá preto orgânico – e o Long Jing – chá verde orgânico.

 

 Acessórios

Para apreciar todas as maravilhas selecionadas pela Espírito do Chá, a marca também está comercializando acessórios como bules, jarras para chá, infusor bola de aço inox, entre outros.

 

Foto: Daniel Reche

Chá não precisa ser quente

Você conhece a infusão a frio? Para preparar o chá frio ou gelado, basta adicionar água à temperatura ambiente a qualquer tipo de chá de sua preferência e o recipiente à geladeira e aguardar por, no mínimo 4h, até que a infusão se complete. Sirva e crie misturas com frutas, especiarias e flores. O processo de infusão a frio propicia uma bebida leve e muito refrescante para os dias quentes.

 

O Brasil e o chá

Em 1812, Dom João VI, resolveu trazer para o Brasil as primeiras mudas de CamelliaSinensis para tentativa de cultivo com vistas à exportação do chá, muito apreciado na Europa. Dois anos depois, cerca de 300 imigrantes chineses foram trazidos de Macau para trabalhar nessas lavouras.

O cultivo não deu muito certo, mas ficou a semente. Algumas dezenas de anos depois, nos salões de chás das confeitarias chiques da capital, a bebida voltou a reinar.

 

Texto: Érica Carvalhosa

 

Serviço

A Espírito do Chá está lançando seu e-commerce este mês.

Site : www.espiritodocha.com.br

Whatsapp (21) 97123-3597

Rolar para cima